O casamento é o despertar do sentimento mais puro do amor universal que o Criador nos possibilita a experimentar

Não existe nenhum amor mais intenso e profundo do que o amor conjugal. O envolvimento amoroso de um casal, é o mais pleno que existe, pois resulta em corpo, alma, coração, sentimentos, emoções e sonhos.

Depois de entregar vários Anéis Atlante Original para a celebração de noivado e casamento, destaco no texto a baixo o valor e a contribuição que honrosamente tem despertado sobre o assunto da união entre os dois universos. O Masculino representado pelo Ouro e o Sol, e pela prata que representa a força feminina e a magia do encanto da Lua. O resultado do despertar para a consciência no compromisso entre os cassais, é algo que desperta o maior fascínio sobre esse altivo evento de constante expansão da obra do Criador no planeta terra.

O casamento na atualidade

O casamento é um evento que é mitificado pelas celebrações, seja ela religiosa, convenções sociais e por último na formalidade legal. Devemos observar que a convenção de um casamento, é algo muito superior a esses aspectos ritualísticos, sociais, porque ele está fundamentado em um “compromisso”.

É muito comum ouvirmos que o casamento é uma instituição falida. Mas devemos observar que na nossa jornada evolutiva nos milhões de anos em que o ser humano habita na matéria física, podemos perceber que o casamento observado somente na ótica das convenções, ele pouco ou nada tem de engrandecimento do ser humano. Por outro lado o verdadeiro casamento é a fator mais nobre e engrandecedor entre os seres humanos.

Porque ele une os dois seres humanos na sua jornada para o cumprimento de uma missão.

O casamento é a junção de dois seres, no seu aspecto maior, é a capacidade que cada um dos dois tem, para aprenderem a reconhecer os defeitos e qualidade um do outro e lidarem com elas de maneira a promoverem juntos a sublimação das tendências mais negativas de um e do outro. O auxílio recebido por um deles, se torna um ato sublime e transformador em suas vidas. A superação de causas e transtornos emocionais novas, antigas, ou até mesmo de vidas passadas, quando superadas pelo casal, se torna uma conquista e uma etapa de engrandecimento da união e o fortalecimento do compromisso que assumiram, o casal se torna mais consciente jornada.

O casamento como união no sentido eucarístico, numa visão mais abrangente do sentido espiritual, se transforma em alquimia pura, é quando os dois seres decidem realizarem juntos os princípios herméticos, primeiro neles próprios, para depois conduzirem os filhos em suas vidas no mundo, buscando compreender que, os filhos são a maneira que os pais têm de construir o mundo novo. Podemos compreender que o mundo novo, é criado através dos filhos, e o que determina o potencial e o resultado da nova sociedade, quando ele é consumado de maneira altruísta. A resultante dessa união com base nessas conquistas conscientes, determina a fonte positiva para os demais. Nesse ponto podemos observar se ali existe um casamento eucarístico ou apenas baseado nas convenções sociais.

O Casamento e as leis Herméticas universais

Para compreender melhor a verdadeira alquimia de um casamento, devemos buscar entender uma das leis Herméticas, que é a “Polaridade”. Esse princípio, é o primeiro casamento que existe. O casamento quando feito com consciência, da a forma a um novo universo, é a criação de uma nova realidade. É quando observamos a força do princípio masculino se unindo com a sua contraparte da força feminina, o resultado dessa união traz uma nova tônica para a evolução, não só a evolução  individual, mas para o coletivo, onde o casal cria uma nova experiência riquíssima de detalhes, promovendo a verdadeira eucaristia para o casal.

Quando o homem nasce como homem e as mulheres como mulheres, é para que cada um se torne melhores seres humanos. Só poderemos ser reconhecidos como melhores humanos, quando o homem reconhece a força feminina que carrega, assim como as mulheres serão reconhecidas como mulheres melhores, quando reconhecer o princípio masculino em si mesma. A vivencia de cada um com a sua contraparte interna, gera o equilíbrio em ambos.

Essas linhas de conhecimentos, estão pautadas na verdade universal, e não em comportamentos em que as vezes se confundem a verdade universal baseada somente nas convenções sociais.

O verdadeiro casamento, é a união de dois universos, com o propósito de criar um terceiro universo, esse é considerado o verdadeiro casamento, é a criação de uma nova realidade, de um novo universo.

Esse verdadeiro princípio de união, está ligado as bodas alquímicas, em um sentido superior, sagrado, sublime. É o verdadeiro casamento consciente.

Podemos afirmar que um casamento inconsciente, normalmente se tornam como a sociedade convive hoje. Separações, inimizades e as vezes letais.

É inconcebível, dois seres dotados de extrema inteligência, se permitirem a tais situações, onde são dominados pelas convenções sociais, o que era para ser a construção de uma nova realidade consciente, um novo universo, permitem a vivenciar processos destrutivos ao seu entorno imediato. É terrível assistir isso.

Quando as pessoas estão em processo de união, seja qual for o ritual, existiu uma sacramentalidade envolto a cerimônia. Em uma união consciente o compromisso é firmado junto ao zodíaco Saturno, Saturno por sua vez espera que o compromisso firmado seja cumprido na íntegra. Não dar vazão a importância do compromisso assumido, onde existe um comprometimento do casal, junto às suas famílias, a sociedade e a um sacerdote ou sacerdotisa, que agem como representante da lei na terra, na qual está sendo realizado a celebração de um juramento, um comprometimento interno e público, unindo os sentimentos interno e as pessoas presentes e depois não dá a devida importância para esse comprometimento, é desejar trilhar um caminho muito sério e com consequências a serem colhidas, com o mesmo grau de intensidade que foi desfeito. Saturno observa e faz a sua cobrança.

O princípio causal, é que as observações astrológicas que envolvem Saturno, esta presente nos momento em que o casal também se observa e faz a superação dos obstáculos como efeito causal. Deixando para ambos as emanações para o continuo trilhar no caminho sagrado.

Quando um casamento é forjado com base consciente, as polaridades masculinas e femininas, tem um crescimento, o conjunto de ganhos adquiridos com os esforços para traçar entendimentos das adversidades momentâneas que surgem. Existe ai um ganho evolutivo somente comparável aos celebres discípulos em busca do entendimento de si mesmo, quando seguem as orientações dos seus mestres.

O Anel Atlante Original como Aliança de Casamento

Acreditas-se que a prática do uso das alianças no casamento, nasceu com os egípcios. Para eles a aliança no casamento era como uma promessa pública para honrar um compromisso ou um contrato.

O símbolo do casamento, é uma aliança de ouro na mão esquerda. Essa simbologia da aliança na mão esquerda usada no dedo anelar, representa o sol, é onde a dinâmica energética é recebida para que a transformação dessa energia em consciência ocorra. É sair do padrão da ignorância para o despertar da consciência. É o verdadeiro compromisso alquímico promovido por para forjar a fusão de duas almas com o espírito, é promover a alma, para algo superior e perene, através de duas pessoas que estão promovendo a Eucaristia alquímica universal do casamento.

O casamento é comparado com a própria geração da vida. A junção do Sol com a Lua, que geram a própria Terra. O Sol representado pelo ouro como o princípio masculino e a lua representado pela Prata como princípio feminino. As duas polaridades geram o despertar da consciência para o casal, o mesmo significado do Anel Atlante Original para auxiliar o casal a absorver esse princípio da polaridade em suas vidas. Com esse vínculo eucarístico, acontece a verdadeira expansão do Ser interno de cada um.

No processo evolutivo, o homem faz uso da força feminina, e a mulher faz uso da força masculina, para ambos se aprimorarem e assim produzirem os bons frutos que são os filhos, Um novo universo se forma com centenas de milhares de possibilidades geradas com a eucaristia do casamento consciente.

Nos aspectos mais sutis que envolvem o casamento, os dois seres que se comprometem, tem afinidades similares para serem sublimadas e compreendidas, tornando o casamento uma das iniciações mais sublimes. Para que isso ocorra no entendimento de ambos, é preciso reconhecer que as famílias do casal, estão envolvidos direta ou indiretamente com os aspectos evolutivos de todos em conjunto. Mesmo não acreditando que isso não não seja possível, isso é o que é. Acreditando ou não, é a lei divina que promove o que há de melhor para que o casal melhore a si mesmo junto com os parentes do casal. E quanto mais pensamos que os parentes não tem a ver com a união, são esses parentes que as vezes mais têm afinidades, muitas vezes incompreendidas, para fazer avançar o processo evolutivo do casal. Essa percepção negativa, se faz inconsciente.

Segundo os ensinamentos iniciáticos, o casamento é a união de duas metades de almas que foram colocadas em corpos separados quando a alma desce à terra. Nos planos Divinos essas “almas gêmeas” vão ser reunidas através do casamento. Mas devemos lembrar do livre arbítrio que possui o ser humano. Por isso, apesar da lei divina estar envolvido na vocação de cada par, a decisão sempre caberá ao indivíduo, já que cada ser pode interferir em seu próprio destino.

A palavra “aliança” tem origem no latim “alligare”, e significa compor, ligar-se a.

É um anel usado para simbolizar um compromisso e a união afetiva entre duas pessoas. como o próprio nome diz, significa a união entre partes. O Ouro e Prata presente no Anel Atlante Original, trabalha energeticamente o equilíbrio da polaridade masculina e feminina, com a força do Sol e da Lua, intensificando o equilíbrio das energias e harmonizando os princípios masculino e feminino para a harmonia do casal.

A confiança de um casamento feliz e gratificante com a pessoa que amamos, é um dos desejos mais encorajadores entre os homens e mulheres. Compartilhar alegremente a confiança, sonhos, objetivos e as grandes experiências da vida de maneira muito íntima, é uma das etapas mais satisfatórias de toda a vida.

Um bom casamento também é abençoado com filhos felizes, respeitosos e bem-sucedidos que vão gerar o mesmo tipo de netos, esse é o coroamento na criação de um novo universo.

Logo entendemos que o casamento é uma das formas de crescimento e evolução espiritual que atende as qualidades e os defeitos dos dois que escolhem o convívio com o propósito de se evoluírem unidos.

O compromisso de um casamento, é um dos sentimentos mais intensos. O envolvimento de um casal é para ser o mais pleno que existe, pois não existe nenhum amor mais intenso e profundo do que o amor conjugal. O envolvimento amoroso de um casal é o mais pleno que existe, pois resulta em corpo, alma, coração, sentimentos, emoções e sonhos.

Direitos Autorais:

Copyright © Edom Ferreira. Todos os direitos reservados.

Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: http://www.joiasagrada.com.br