O código de Deus é a linguagem que dá a forma nas partículas no universo.

O código de Deus é também conhecido como número de ouro e proporção áurea. Essa fórmula é muito conhecida dos povos antigos como: Egípcios, Babilônios, Maias, Toltecas, Semitas, Acádios, Mongóis. Esses povos antigos são os remanescentes da Atlântida. Esse conhecimento chegou a nossa civilização “Ariana”, através da Índia e Egito, considerados os pais da civilização ariana. 

A descoberta matemática foi motivada pela busca do entendimento das formas, proporções e dos movimentos funcionais de cada partículas presentes na natureza. Este fato curioso despertou muitas mentes geniais contemporânea Grega, onde os grandes sábios codificaram matematicamente e codificando para o entendimento da mente concreta. 

Desde os tempos de Euclides no (Século III a.C.), o conhecimento das proporções e padrões presentes na natureza foram codificado através da matemática algébrica e geométrica. O encantamentos das formas encantou além dos matemáticos, os artistas, designers, arquitetos e muitos outros profissionais foram profundamente impactados com a uma nova maneira de criar as formas, cujo resultado, é a harmonia.

O código de Deus, é conhecido desde os tempos mais remotos, como, o “número de ouro”. Esse é o segredo utilizado para dar a forma ao Anel Atlante Original. O verdadeiro significado desse Anel, se encontra no resultado perfeito da Divina Proporção aplicada em cada uma das formas dos 5 (cinco) sólidos Platônicos. A forma do Anel Atlante Original, é o resultado da razão matemática utilizando o número de Ouro. Essa equação universal sintoniza a comunicação entre o corpo físico e o corpo espiritual, essa conexão é alcançada através dos símbolos, que equilibra a energia de consciência que relaciona todos os seres vivos, ou seja, O Anel Atlante Original, contém uma imensa sabedoria de onda, forma e conceito, para equilibrar, harmonizar e distribuir a Energia Vital no Ser humano. Esse conceito, é também conhecido como Razão Áurea, média áurea, proporção divina e regra de ouro. Esse Anel, é fabricado dentro dos rígidos padrões de design e fundição, processos esses que mantém as formas, na mais perfeita razão matemática, a mesma fórmula existente na criação da natureza.

O padrão matemático existente nos elementos geométricos dos 5 (cinco) sólidos platônicos, é o resultado que faz o Anel Atlante Original, o talismã mais perfeito existente, por que ele é capaz de promover a cura física, a proteção e a sintonia perfeita com o Eu superior, para favorecer o aumento da “intuição”. “A intuição está relacionada com o conhecimento imediato, direto com o seu Eu Superior, Sua fagulha divina”. Seus efeitos curadores são promovidos no ser humano, através da frequência harmônica que ele gera no Corpo humano. Essa sintonia perfeita entre o Anel e o corpo físico promove os efeitos da cura, da proteção e da intuição.

A fórmula dessa razão matemática pode ser obtida a partir de uma reta. Em uma confirmação simples pode-se observar com o princípio desse código representado através de uma demonstração:
simples como na figura abaixo

Com a fórmula explicita de maneira gráfica, observaremos a mesma expressão de modo que,  a soma de ambas dividida pela parte maior seja igual a parte maior dividida pela menor em termos proporcionais, que é simbolizada pela letra Grega Phi ϕ

ϕ=(a+b)a=ab

Esta expressão conhecida como Razão Áurea, na qual é atribuída a constante fi: ϕ. Quando o segmento for dividido, segundo estas condições, será obtido o resultado como uma constante infinita, esse resultado é chamado de número de ouro. O seu valor aproximado é de:

ϕ=1,6180339887…

Exemplos

1) A sequência de Fibonacci, a sequência de números inteiros iniciando com o número 1, também possui propriedades que nos levam a descobrir o número de ouro. Ela se torna uma maneira mais simples de se obter os resultados do número de ouro nas proporções que são aplicadas em cada ideia, que resulta em uma criação física que se deseja obter a harmonia como resultado final. Para alcançarmos esta sequência é necessário considerar que o seu primeiro termo é igual a 1, e seguindo temos:

a1=1
a2=a1+ anterior =1∗
* Neste caso, não possui antecessor, então ele também ocupará a segunda posição. Continuando:
a3=a2+a1=1+1=2
a4=a3+a2=2+1=3
a5=a4+a3=3+2=5

Ao continuarmos esta ação infinitamente, obteremos a seguinte sequência:

(1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, … )

Para retirarmos o número de ouro desta sequência basta atingirmos a razão entre os dois números consecutivos dela. À medida que os números aumentam, mais próximos chegamos ao resultado do número de ouro Phi ϕ. Veja o exemplo abaixo:
11=1
21=2
32=1,5
56=1,666…
85=1,6…
3421=1,619047…
5534=1,6176470588…

2) Ao calcularmos a expressão abaixo também obtemos o número de ouro:

ϕ=1+52=1,6180339887…

3) O número de ouro corresponde duas equações relevantes. A primeira, a razão entre 1 e fi é igual a fi menos um:

1ϕ=ϕ−1

Utilizando esta equação obtemos o resultado abaixo:

ϕ(ϕ−1)=1
ϕ2−ϕ=1

Temos então a segunda relação:

ϕ2=1+ϕ

4) A espiral de Fibonacci apresenta-se, quando se constrói uma série de quadrados cujos lados são os números da sequência de Fibonacci. É também possível construí-lo aplicando a regra da proporção áurea. Em outras palavras, a espiral pode ser formada pela colagem de arcos de um quarto de círculo em quadrados cujos lados diminuam em razão de ϕ. Seguindo esta razão obtemos
o resultado demonstrado na figura abaixo:

Esta espiral aparece em muitos elementos e formas na natureza, onde se pode observar que maior parte da concha, tem as mesmas proporções da parte menor. A sequencia de espaços que dão a forma geométrica na mesma concha, é também conhecida como fractal, que significa que a menor parte é exatamente igual a maior parte…

5) A Proporção Áurea, é exibida em toda a forma da natureza, nos reinos mineral, vegetal, animal e também no ser humano. Cada forma conhecida e mesmo as que ainda não conhecemos ou ainda estão em formação tem a sua forma e movimentos coordenados pelo código de Deus. Ele é a expressão de consciência que liga, toda a criação ao seu Criador. Por isso ele é conhecido como o número de ouro, fórmula de ouro e ainda, razão dourada.

É através do número de ouro que surgem as formas denominadas de, Divina Proporção ou ainda como é mais conhecida como: Proporção Áurea. O número de ouro, é o representante matemático da perfeição na natureza. Como resultado das suas inúmeras aplicações, ele passou a ser conhecido por muitos matemáticos, arquitetos, músicos, astrônomos etc… como um presente de Deus ao mundo.

É possível encontrar diversos exemplos onde o número de ouro aparece como uma constante da natureza e também como uma importante ferramenta de trabalho para hábeis profissionais nas diversas áreas, cujo principal atividade, é dar elegância, harmonia e beleza em seus trabalhos como os designers, engenheiros, artistas e muitos outros. O número de ouro continua sendo desenvolvida por estudiosos, onde ainda divide opiniões: muitos acreditam que o número de ouro é de fato uma lei universal, outros dizem que não passa de uma coincidência. Mas, independente de um consenso, o número de ouro continua fascinando muitas mentes curiosas e notáveis.

Se você gostou desse conteúdo, pode fazer o seu comentário, se desejar saber mais, entre em contato através de um dos canais abaixo:

e-mail: [email protected]
WhatsApp – +55 61 99662-2912
site: www.anelatlante.com
www.joiasagrada.com.br – Para adquirir o seu exclusivo Anel Atlante Original.