os verdadeiros Teósofos e Ocultistas reconhecem, com o sentido mais profundo, “a manifestação cíclica do Espírito de Verdade,” ou seja, como um SER, Divino. Nessa data, plena de encantamento e de amor, as famílias cristãs se congregam em reuniões as mais íntimas e fraternas, para cultuarem no recesso de seus lares o simbolismo do Natal.